Amor em Pauta podcast

Amor em Pauta

Instituto Amuta

Marcelle Xavier, fundadora do Instituto Amuta, recebe convidados dispostos a colocar o amor em pauta, e analisar como nossas relações impactam o mundo e como podemos cultivar relações mais saudáveis. Já parou para cuidar das suas relações hoje?

10 Episódios

  • Amor em Pauta podcast

    #10 / dinâmicas de poder nas relações, com Grazi Mendes e Maíra Andrade

    59:12

    “Quanto mais poderoso for o poder, mais silenciosamente ele atuará.” Essa é uma frase do filósofo Byung Chul Han em sua obra o que é poder? O poder é mais forte quando atua de modo silencioso, e aquele que precisa levantar sua espada para convocar o poder, já está na realidade enfraquecido. O poder quando realmente poderoso não tenta bloquear nossas vontades, pois é capaz de entrar na subjetividade das nossas próprias escolhas, formar o nosso futuro de tal modo que a própria opressão é vivenciada como liberdade. O psiquiatra e filósofo Frantz Franon ressalta que a principal atuação do racismo é na dominação dos anseios de pessoas negras. Toda relação é permeada por dinâmicas de poder, especialmente as relações inter raciais e precisamos falar sobre isso. Convidei a head of people da Thoughworks Brasil e cofundadora da Ponte, Grazi Mendes, e especialista em diversidade e inclusão da Natura, Maíra Andrade para ampliar nossa perspectiva sobre o poder nas relações. / Siga @instituto_amuta e envie seus comentários e sugestões para o email amutainstituto@gmail.com
  • Amor em Pauta podcast

    #09 / Inteligência do coração, com Ana Munzner e Roberta More

    55:27

    “Quando nós apreciamos uns aos outros, nós pensamos melhor. Quando pensamos melhor, amamos mais. Quando amamos mais, vivemos melhor. E esse é o ponto de tudo, não é mesmo?” Essa é uma fala da pesquisadora Nancy Klein, uma referência para entender o poder das relações. Explico: quando o padrão do coração está em um ritmo saudável, o nosso córtex fica ativo, e somos então capazes de pensar melhor. Os pesquisadores chamam esse estado de coerência cardíaca. E uma das coisas que faz o nosso coração entrar em estado coerente são as nossas relações, quando estabelecidas sob princípios como atenção, apreciação e encorajamento. E para falar dessa inteligência que nasce a partir do coração e da potência das relações, convidei duas representantes dessas poderosas abordagens no Brasil, Ana Munzner, treinadora do Thinking Environment, e Roberta Lima, treinadora do Heart Math Institute.  / Siga @instituto_amuta e envie seus comentários e sugestões para o email amutainstituto@gmail.com
  • Amor em Pauta podcast

    Não percas um episódio de Amor em Pauta e subscrevê-lo na aplicação GetPodcast.

    iOS buttonAndroid button
  • Amor em Pauta podcast

    #08 / micropolíticas dos afetos , com João da Mata

    51:38

    Amor e afeto são combustíveis de vida. É o que nos faz existir, resistir e re existir. Mas o afeto também produz e reproduz política. Quanto de dominação cabe no nosso afeto? Nossos núcleos de afeto e vitalidade não são livres da influência do Estado. E assim, reproduzimos vínculos baseados em dominação, obediência, controle, chantagem, colonização e exclusão. Para se transformar e transformar o mundo, o amor precisa ser reinventado. As micropolíticas do afeto são poderosas e capazes de alterar toda a estrutura. E para ampliar nossa capacidade de reinventar o amor, e porque não a política, converso com o psicólogo que atua com a somaterapia, uma terapia anarquista, João da Mata. / Siga @instituto_amuta e envie seus comentários e sugestões para o email amutainstituto@gmail.com
  • Amor em Pauta podcast

    #07 / reaprendendo a colaborar: como construir e sustentar comunidades? com Lala Deheinzelin e Rafael Maretti

    50:44

    O que nos torna humanos? Nós somos animais, mas somos animais amorosos. Todos os mamíferos vivem um relacionamento amoroso com suas mães durante a infância, mas nós estendemos essa relação a pequenos grupos, e a conservamos ao longo da vida.  Na raiz da experiência humana está portanto a nossa capacidade de amar e construir comunidade. A competição é um fenômeno cultural,  uma ideia ruim que inventamos e disseminamos por aí, como se fosse possível se isolar e sobreviver sozinhos. Mas a cooperação é biológica, é o que nos trouxe até aqui, e o que irá nos fazer evoluir. Reaprender a colaborar e construir comunidades é o tema da conversa que tive com a futurista e pioneira da economia criativa Lala Dehenzelin e com o fundador da Base Colaborativa, Rafa Maretti.  / Siga @instituto_amuta e envie seus comentários e sugestões para o email amutainstituto@gmail.com
  • Amor em Pauta podcast

    #06 / maternar o futuro, com Lau Patrón

    58:11

    “No inferno do igual, a chegada do atípico pode tomar uma forma apocalíptica.” Essa é uma frase do filósofo Byung Chul Han, que nos lembra o quanto estamos matando a diversidade, e destruindo a potência da vida. Vivemos a ditadura do igual, e quem não se encaixa, que se deforme para caber. Cometemos violências mascaradas de preocupação, e nos esquecemos que pessoas não precisam ser consertadas. Pessoas precisam ser aceitas. E não se pode amar o outro a quem se privou de sua alteridade, só se poderá consumi-lo”. Para falar sobre essas micro revoluções de afeto, recebi a escritora, ativista, profissional de inclusão e mãe do João, Lau Pátron. / Siga @instituto_amuta e envie seus comentários e sugestões para o email amutainstituto@gmail.com
  • Amor em Pauta podcast

    #05 / toda forma de afeto, com Wallie Ruy

    42:04

    Afeto é um estado de alma, um sentimento, um carinho intenso. Afeto é substantivo, mas é também verbo. Afeto vem de afetar, é aquilo que me atravessa, e por me atravessar me move. O que me afeta me transforma. Falamos tanto de transformação nos dias de hoje, mas qual o tempo que destinamos para os afetos nas nossas rotinas? Nossa vida corre como um feed de instagram, atualizada a cada 10 segundos com opiniões apressadas, contatos líquidos, e verdades fabricadas. Como resgatar toda forma de afeto para as nossas vidas anestesiadas? No podcast de hoje recebo a atriz - atroz - atuadora - artivista Wallie Ruy. / Siga @instituto_amuta e envie seus comentários e sugestões para o email amutainstituto@gmail.com
  • Amor em Pauta podcast

    #04 / quem tem medo do conflito? com Carol Nalon e Mafoana Odara

    54:51

    Quem tem medo do conflito? Estamos ainda começando a aprender que conflito pode ser o que engrandece, alimenta, renova as nossas relações. Evitar o conflito talvez seja a primeira forma de violência que se comete em uma relação com alguém. Abafar, calar e silenciar as vozes não fazem com que os problemas subitamente parem de existir, e na verdade afasta a inteligência que quer surgir e se expressar.  Conflito é diversidade, criatividade, sinal que estamos abertos a transformação. A conversa de hoje é com a coordenadora da área de enfrentamento de violência contra as mulheres, Mafoane Odara e a mediadora de conflitos, Carolina Nalon.  Sejam bem vindos. / Siga @instituto_amuta e envie seus comentários e sugestões para o email amutainstituto@gmail.com
  • Amor em Pauta podcast

    #03 / amor e a arte do improviso, com Carol Bergier e Claudio Thebas

    45:19

    O contrário do amor não é o ódio, é o medo. Quando estamos com medo tentamos controlar, segurar, conter, tensionar. E no controle não sobra espaço para se relacionar, afinal, como aprendi nessa conversa, TODA RELAÇÃO É UM ATO INÉDITO. Recebemos nesse podcast o palhaço e educador, Claudio Thebas e a facilitadora Carol Bergier para falar sobre fluxo, brincadeira, e improviso como caminhos alternativos às pressões e tensões do dia a dia que nos afastam do amor.  Siga @instituto_amuta e envie seus comentários e sugestões para o email amutainstituto@gmail.com
  • Amor em Pauta podcast

    #02 / descolonização do amor, com Aza Njeri

    54:02

    O processo colonizatório constrói uma forma própria de se relacionar com todos aqueles que são vistos como diferentes pelo olhar do colonizador. No Ocidente essa relação com o “outro” é baseada em roubo, morte, destruição, assimilação ou dominação. Influenciados pela colonização, replicamos em muitas das nossas relações esses arquétipos, e criamos relações onde o amor é ausente, já que amar é reconhecer o outro como legítimo. É isso que propõe a doutora Aza Njeri, um convite para olharmos de frente para os arquétipos colonizadores e começamos a descolonizar o amor. Siga @instituto_amuta e envie seus comentários e sugestões para o email amutainstituto@gmail.com
  • Amor em Pauta podcast

    #01 / a liberdade na interdependência, com Monja Coen

    55:52

    Todos nós somos algo ou alguém em relação com a todas as outras coisas do universo. Tudo se apoia, e cada ser são infinitos processos de relações. E como essas relações estão sendo estabelecidas? Muitos dos desafios que enfrentamos hoje são problemas de relações. A coisa boa é que as relações estão sempre mudando, e para transformar sua realidade e o mundo ao seu redor, nosso convite é olhar para elas. A conversa que vai abrir o nosso podcast, é o papo que tivemos com a Monja Coen, sobre a liberdade que encontramos ao reconhecer e navegar na interdependência. /  Siga @instituto_amuta e envie seus comentários e sugestões para o email amutainstituto@gmail.com 

Descobre o mundo dos podcasts com a app gratuita GetPodcast.

Subscreve os teus podcasts preferidos, ouve episódios offline e obtém recomendações fantásticas.

iOS buttonAndroid button